WRC10 [PS5] - Do Realismo para o Teu Comando

Em pleno Século 21 ainda existem vários estereótipos. Entre muitos, um deles é que os homens têm que perceber de carros. Ora bem, eu não percebo nada. Gosto bastante de conduzir, sei ver o óleo, ar dos pneus e pouco mais. Transmissões, chassis, radiadores, eram palavras completamente aleatórias que ouvia e acenava. Após envolver-me na experiencia de WRC10 sinto-me com vontade de pegar na minha carrinha e  percorrer os caminhos de Rally de Portugal! Se passarem num desses trilhos e virem-me capotado devido à minha pouca experiencia, se puderem, deem-me uma ajuda!


Como já devem ter percebido pelo parágrafo e imagem anterior, este é um jogo onde fãs de jogos de corridas de arcada (como Need for Speed, em que o acelerador é rei e existem nitros), terão de desaprender maus hábitos! Caso contrário, é bem provável que as primeiras curvas sejam para esquecer, indo ribanceira abaixo, capotando ou ficando virado em sentido oposto.

WRC10 trás uma jogabilidade que parece ser o pináculo da realidade. A velocidade, o uso de ambos os travões, onde e como colocamos o peso do carro, a maneira como "atacamos" a curva, tudo é considerado num balanço que dita a forma de como iremos percorrer a pista no melhor tempo possível. O uso do comando parece responder perfeitamente nesse sentido. Uma fracção de segundo a mais ou a menos a carregar na tecla de um dos travões pode ditar uns preciosos segundos a mais no tempo final da corrida. 


Quero deixar uma nota bastante positiva à maneira soberba de como a KT Racing incorporou as novas capacidades do comando da PS5. Experienciar o tremor do carro, ouvir e sentir parafusos soltos após um embate mais forte (o que convenhamos, acabou por acontecer mais vezes que desejamos) a própria gravilha debaixo do nosso carro, nas nossas mãos é realmente algo inovador e trás um novo mundo á jogabilidade de futuros jogos do género. Todos estes sons do comando associados aos emitidos pela televisão, como por exemplo os sons do motor, das pessoas a torcer por nós em certos pontos da pista, dos efeitos climatéricos (com o vento nas árvores ou a chuva a cair), cria uma experiencia bastante envolvente.

Isto tudo aliado a um grafismo deslumbrante seja em que tipo de pista for. O pó em terra batida ou a neve nas montanhas trás cenários esplêndidos que fazem esta experiencia única. Mesmo as paisagens mais distantes estão muito bem definidas. As visões de jogo são as tradicionais em qualquer simulador de corridas. Um visão fora do carro, só o capô, em frente do carro e dentro do cockpit. Esta ultima, apesar de se revelar a mais desafiante em conseguir controlar o carro, é a que mais faz sentir o trepidar do carro e o efeito das  curvas criando assim uma vivencia mais real á condução. Ainda assim, parece-nos, que esta poderia ser um pouco mais detalhada e realista com vista a rivalizar o cockpit de um verdadeiro carro de Rally.


Se em termos de jogabilidade, WRC10 puxa dos seus galardões, em termos de modos de jogos enche-nos de uma serie deles para nos envolvermos a fundo neste mundo. Além de modos simples para personalizar um carro a nosso gosto e a apresentarmo-lo numa exposição, os modos de jogo são deveras imensos e com bastantes diferenças.

Começamos com o modo online que oferece desafios diários e semanais para rivalizar com outros jogadores, tornando-se o modelo mais competitivo, para quem quiser provar que consegue ser o número 1. Na vertente Multiplayer temos ainda também os Clubes, onde, como o nome indica, podemos criar ou juntar-nos a um clube e competirmos em vários Rallys em nome coletivo. O modo CoPiloto, introduzindo uma vertente um pouco diferente, onde teremos de nos aliar a outro jogador e à vez, conduzir e dar indicações para superarmos uma etapa especial. Para terminar o modo multijogador existe o modo Tela Divida, permitindo jogar com um amigo com o ecrã divido, uma retrospetiva mais oldschool quando as consolas não estavam ligadas à internet. 

Podemos, adicionalmente, escolher uma pista, um carro, a altura do dia, condições climatéricas e arrancarmos no modo Partida Rápida. Vários Desafios também estão considerados já com carros pré-selecionados.



Modos como Treinamento ou Área de Testes foram introduzidos com vista a irmos aprimorando as nossas habilidades. Estes modos permitem aos jogador, numa situação de maior controlo, apercebermo-nos da qualidade das físicas consideradas. Condicionantes como pneus escolhidos, versus tração em cada tipo de terreno podem ser alteradas rapidamente para o nosso melhor entendimento das dinâmicas de comportamento dos veículos.

Um modo que damos aqui destaque é o Modo Carreira. Inicialmente teremos de escolher entre duas opções: Júnior WRC, onde tanto nós como todas as outras equipas AI usam o mesmo carro (Ford Fiesta Rally 4 com tração dianteira); ou  WRC3, onde para podermos entrar temos 3 oportunidades de nos mostrar aos patrocinadores com os melhores tempos possíveis em pista. Melhores tempos equivalem a patrocinadores mais abastados e com mais vontade de investir na nossa equipa. 


Neste modo há várias categorias e dentro dessas categorias podemos também escolher vários carros. Durante o modo carreira além de obviamente termos que competir em diversos Rallys, será necessária de igual forma uma gestão de toda uma equipa. Equipa essa que passa, entre outros, por agentes e mecânicos.

Fazer um controlo psicológico e físico durante os Rallys da nossa staff, enquanto percorremos as trilhas por este mundo fora está relacionado com as nossas prestações (por exemplo se partirmos mais o carro o mecânico irá ficar mais desmoralizado) e com as nossas escolhas do nosso calendário.  Além dos dias de provas temos que escolher se queremos participar em provas especiais, treinar ou simplesmente dar dias de descanso à nossa equipa.

Uma vertente  de character development foi também incorporado neste modo. Prestações positivas nas provas dão-nos experiencia, onde com acumulação da mesma subimos de nível e ganhamos pontos. Esses pontos são para usarmos num enorme mapa para melhorar diversas categorias, desde melhores mecânicos ou agentes, ou reparações mais baratas do nosso veículo. Este parece-me ser o modo mais completo e intenso para quem quer viver toda a industria de Rallys, pois sucessivas más prestações podem fazer a tua staff despedir-se ou mesmo despedir-te! 


E deixámos o melhor para o fim: O Modo 50º Aniversário. É aqui que os fãs de Rallys podem deliciar-se! Porque se até aqui é tudo moderno, porque não revivermos pistas icónicas com carros lendários? Rallys como Monte Carlos em 1984 e 1985, Quénia no Rally Safari em 1993? Ou darmos um saltinho à Nova Zelândia em 1986, 1992 ou 2007? Para usufruirmos destas memórias o WRC10 traz-nos também equipas e carros dessa altura. Lancia Stratod, Peugeot Talbot Sport, Toyota Célica Gt4 e Audi Quattro fazem parte deste lote de excelência!

Num total são mais de 100 pistas e mais de 50 carros que o jogador pode explorar e conquistar em toda a experiencia de WRC10! Apelando um pouco ao nacionalismo temos várias pistas Portuguesas como Felgueiras, Arganil e Lousada.


Talvez um dos pontos negativos que possamos salientar durante a nossa experiencia é a voz do co-piloto a indicar-nos as curvas e o trajecto, parece-me monótono e mecânico e torna-se um pouco descontextualizado com o que sentimos ao volante, mas que podemos desligar nas opções o que tornando-a pouco redundante.

Outro ponto é a dificuldade. Mesmo a dificuldade mínima poderá revelar-se bastante difícil completar em certos tempos pedidos, mesmo após de mais 20 ou 30 tentativas. 



Conclusão

WRC10 vai fazer sem dúvida alguma as delicias dos fãs da série ou mesmo de Rallys. Muitas pistas, muitos modos, muitos carros num jogo com uma jogabilidade primorosa. Se não és fã mas procuras uma nova aventura, WRC10 não te vai desiludir!


O Melhor:
  • A jogabilidade
  • O uso das novas capacidades do DualSense
  • Diversas pistas, carros e modos de jogo.
  • Modo 50º aniversário com as pistas e carros lendários.

O Pior:
  • A dificuldade
  • a voz do copiloto.
  • visão de cockpit pouco detalhada
 

Pontuação do GameForces – 9/10


 
Título: Wrc10
Desenvolvedora: Kylotonn,  KT Racing
Publicadora: Nacon
Ano: 2021


Nota: Esta análise foi realizada com base na versão digital do jogo para a PS5, através de um código gentilmente cedido pela Nacon
 


Autor da Análise: Filipe Martins



WRC10 [PS5] - Do Realismo para o Teu Comando WRC10 [PS5] - Do Realismo para o Teu Comando Reviewed by Filipe Martins on setembro 09, 2021 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.